Lifting de Braço

É a cirurgia plástica para melhorar o contorno dos braços. Muitas pessoas quando levantam os braços ficam incomodadas com a flacidez e excesso de pele na região dos braços. As causas para a flacidez de pele são genéticas, grande perda de peso e falta de exercitar o músculo tríceps localizado atrás do braço.

A cirurgia trata o excedente de gordura e a flacidez de pele conjuntamente.

PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

O tipo de anestesia utilizado é: anestesia geral. A extensão das cicatrizes depende do grau de flacidez e de excesso de pele de cada pessoa. Geralmente, as cicatrizes ficam somente localizadas na axila ou estendendo-se para baixo do braço. Consegue-se visualizar a cicatriz quando se levanta os braços.

PÓS-OPERATÓRIO

Duração dos resultados: permanentes, mas podem ser alterados caso o paciente tenha ganho de peso.

No pós-operatório é necessário o uso de malha elástica compressiva e evitar levantar os braços abertos nas primeiras semanas. Dependendo do seu cirurgião plástico, ele pode orientar drenagem linfática.

Complicações que podem ocorrer: hematomas, infecção, depressões e irregularidades na pele e alterações nas cicatrizes.

RESULTADO

Benefícios: melhora do contorno dos braços e uso de camisas com mangas curtas sem preocupação, melhora na auto-estima e no bem estar.

RECOMENDAÇÕES SOBRE A PLÁSTICA DO BRAÇO

A) RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS:

1. Não fazer uso de medicações à base de Ácido Acetil Salicílico, Ginkobiloba ou Arnica, nos 10 dias que antecedem a cirurgia. O uso destas levará a suspensão de sua cirurgia até que este prazo de 10 dias se cumpra.

2. Obedecer às instruções dadas para a internação.

3. Comunicar qualquer anormalidade que eventualmente ocorra, quanto ao seu estado geral.

4. Internar em jejum absoluto de, no mínimo, 8 horas e não trazer objetos de valor para o hospital.

5. Vir acompanhada para a internação.

6. Evitar uso de brincos anéis, alianças, piercings, esmaltes coloridos nas unhas, etc. Qualquer destes será retirada antes da cirurgia.

7. A Cinta recomendada deverá ser levada para o hospital.

B) RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS:

1. Evitar esforços por 30 dias.

2. Levantar-se tantas vezes quanto lhe for recomendado por ocasião da alta hospitalar, obedecendo aos períodos de permanência sentado (a), assim como evitar esforços máximos. Mobilizar membros inferiores.

3. Não se exponha ao sol ou friagem, por um período mínimo de 14 dias.

4. Obedecer à prescrição médica.

5. Voltar ao consultório para os curativos subseqüentes, nos dias e horários estipulados.

6. Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire quaisquer dúvidas que possam advir com seu cirurgião.

7. Alimentação normal (salvo em casos especiais). Recomendamos alimentação hiperproteica (carnes, ovos, leite) assim como o uso de frutas.

8. Aguarde para fazer sua “dieta ou regime de emagrecimento”, após a liberação médica. A antecipação desta conduta por conta própria, poderá determinar conseqüências difíceis a serem sanadas.

9. Utilizar a Cinta compressiva 24 horas por dia, só retirando para o banho, nos primeiros 30 dias e por 12 horas por dias nos 30 dias subseqüentes.

share on